2009 FOI UMA MERDA!

em

O ideal seria uma longa conversa a respeito das vantagens e desvantagens que o ano de 2009 apresentou. Nessa conversa, nós falaríamos um pouco sobre política, um pouco sobre saúde, um pouco sobre dinheiro. Avaliaríamos como foi a nossa vida ao longo desses últimos 12 meses, fazendo uma comparação entre dezembro de 2008 e agora.

Mas isso aqui não é para celebrar o ideal. É para falar a verdade, e a verdade é que 2009, pra mim, foi uma merda.

Como esse blog aqui nunca foi um diário (“hoje encontrei a Má, a Lu, a Sí e a Sá e agente fomos, tipo, meio que trocar um sapato que minha tia imbecil me deu de natal e que eu detestei e que a Má, a Sí e Ju tb detestaraum…”), não vale a pena entrar em detalhes de onde ou porquês, mas foi um ano de merda e eu não poderia estar mais feliz de vê-lo acabando. Vaya con Dios, 2009. Enfia uma banana de dinamite no seu cu e vaya con Dios.

Então 2010 pode ser bom. Quer dizer, 2008 tinha tudo para ser ótimo e foi terrível. Em 2009, quando eu achei que não dava para piorar mais,  piorou. Piorou muito mais! Não faço mais previsões. Que 2010 traga o que tem que trazer e tentaremos lidar com isso sem colocar o cano de uma espingarda na boca e puxar o gatilho com o dedão do pé.

Perspectivas? Sim, claro, essas existem sempre, não?

Começo uma nova fase profissional em fevereiro, com uma chance grande de mudar de vida relativamente rápido. Vou finalmente começar a minha produção de camisetas com estampas próprias e continuo produzindo quadrinhos regularmente. Esse blog deve ganhar uma nova cara logo também, com uma sessão separada para os quadrinhos e uma área dedicada à tira POLIFONIA, que produzo desde o ano passado. Em breve teremos a volta do Saca-Trapo, blog que mantenho com meu amigo Glayson Ramos, onde publicamos HQs, colunas, crônicas, reviews, contos, ilustrações, curiosidades, tutoriais, músicas, vídeos, receitas de bolo, bulas de remédios e mais algumas (várias) outras coisas. O site está passando por uma mudança geral. Saiu do blogger e foi para o wordpress, mudou URL e está mudando de layout. Logo teremos mais gente participando conosco do Saca-Trapo, mesmo que esporadicamente, assim como teremos atualizações mais constantes da nossa parte.

Esse papo de vai acontecer isso e vai acontecer aquilo parece promessa de campanha que, todos sabemos, é difícil de se concretizar.  O que posso dizer é que vontade de fazer não falta. Fazemos isso por prazer, por alegria, por amor à coisa. E se você faz por amor, você consegue fazer para sempre.

Acho que se 2009 me ensinou algo foi isso: o que faço por amor. Nos piores dias desse ano, voltar àqueles lugares que me são amados fez uma grande diferença e me mostrou que existem coisas pelas quais valem a pena viver. Coisas que não vão embora e que independem dos outros (ou de mim mesmo, para ser honesto).

Melhor ir embora antes desse texto ficar metafísico e metafórico demais. O que talvez já tenha acontecido desde a segunda linha, mas, como eu disse, esse ano foi uma merda, então eu não vou esperar que o último texto a ser publicado aqui em 2009 vá salvar alguma coisa.

Que o ano novo chegue em paz e se sinta à vontade. “A casa é sua”, como se diz no interior ou “o poder é de você”, como se diz (com o perdão do singular) no desenho do Capitão Planeta.

Abraços a todos. Vejo vocês em 2010.

Leandro

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Marcos Burian disse:

    2009 foi um ano bem estranho, para se dizer o mínimo. Mas acredito que foi necessário…ao menos para mim.

    De qualquer forma, fiquei feliz de ter acabado sem maiores desastres.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s